TRT-RN disponibiliza o e-Carta e correspondências sairão do Pje direto para os Correios

Imagem mostra logo do e-Carta

O Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN) celebrou convênio com a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) e, agora, passou a disponibilizar uma funcionalidade que vai simplificar a elaboração e a postagem de cartas por meio de um sistema WEB amigável, que possibilitará pequenas e médias postagens.

O e-Carta é uma ferramenta que funciona para correspondências oriundas do Processo Judicial Eletrônico (PJe) e foi criada para atender às necessidades de empresas privadas e órgãos públicos na produção e distribuição de documentos oficiais, que exigem sigilo no processamento do conteúdo e comprovação da entrega no destino.

Todo trabalho será feito no ambiente WEB, inclusive a digitação da carta. Por meio de uma rotina agendada, os dados do PJe são coletados e enviados aos Correios que processam as informações gerando as correspondências que serão postadas fisicamente.

Atividades como elaboração de etiquetas, conferência e postagem de citações ou intimações, que demandavam tempo, recursos humanos e materiais para impressão e envelopamento serão simplificadas por meio do sistema eletrônico.

Com a funcionalidade, também será possível permitir aos advogados a possibilidade de consultar o rastreio da correspondência expedida pelo TRT-RN por meio do número do processo. 

A utilização do e-Carta vai gerar redução de custos e economia de papel, o que contribui com o compromisso do Tribunal com a Agenda 2030 da ONU. Além disso, a ferramenta  será um meio mais eficiente na diminuição do risco de contaminação pelo coronavírus, com a possibilidade de realização das atividades de forma digital.

A ferramenta já está disponível na área exclusiva do PJe localizada no portal do TRT-RN (trt21.jus.br). Em caso de dúvidas, confira o vídeo preparado pela Divisão de Comunicação Social do TRT-RN no link: https://bit.ly/2PzdupX