TRT-RN discute psicologia do trabalho com pesquisadora francesa

Imagem mostra visitantes em conversa na presidencia do trt

Na sexta-feira (11), o Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região recebeu a visita do Grupo de Estudos e Pesquisas sobre o Trabalho (GEPET) do Departamento de Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e da professora Kátia Kostulski do Conservatóire Nacional des Arts et Metiers/CNAM de Paris.

A presidente do TRT-RN, desembargadora Maria do Perpétuo Socorro Wanderley de Castro, e o presidente do Comitê Gestor Local de Atenção Integral à Saúde de Magistrados e Servidores, desembargador José Barbosa Filho, acompanharam a visita.

Na ocasião, o GEPET, que possui um acordo de cooperação técnica com o Tribunal conduzido pelo grupo de gerenciamento de estresse do TRT-RN, e a professora Kátia Kostulski conheceram as instalações do Tribunal.

A pesquisadora francesa destacou a importância das pesquisas na linha de análise do trabalho e que suas contribuições podem provocar melhorias. “Estudos desse tipo apontam sobre a necessidade de um olhar diferente sobre as relações trabalhistas”, afirmou Kátia Kostulski.

Para ela, conhecer o TRT-RN é uma oportunidade de “estreitar laços com pessoas e instituições interessadas nos avanços da justiça do trabalho”.

Houve também uma exposição sobre as intervenções em psicologia do trabalho em diversos contextos dos Tribunais da França, bem como os resultados e proposições dos serviços em saúde mental e psicologia do trabalho ofertados no último ano aos magistrados e servidores do TRT-RN pelo GEPET-UFRN/Instituto Nostrum.