TAC garante 320 mil para entidades carentes e ao Hospital Infantil Varela Santiago

cestas básicas

O Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (RN) entregou cestas básicas e cadeiras de rodas ao Armazém da Caridade, além de uma doação de 190 mil ao Hospital Infantil Varela Santiago para a compra de um tomógrafo. Os alimentos, as cadeiras e o valor em dinheiro somam cerca de 320 mil reais, que correspondem à execução de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado pelo Ministério Público do Trabalho e a Companhia Docas do Rio Grande do Norte (Codern).

São 2.930 cestas básicas e 20 cadeiras de rodas, que vão atender famílias carentes e pessoas amputadas por acidentes de trânsito (moto), além de pacientes com diabetes, assistidos pelo Armazém da Caridade.

“Recebemos qualquer doação, menos dinheiro. Organizamos e distribuímos para mais de 60 instituições que cuidam de idosos, de crianças, de deficientes, de dependentes químicos. A ajuda chega para todos”, disse Manoel Lopes, presidente da entidade.

Uma das instituições beneficiadas com cestas básicas foi o Abrigo Deus e Caridade, que havia recebido do Armazém da Caridade, no início do ano, a última doação volumosa. 

“Atualmente, as doações estão escassas e a dificuldade está grande, pois as pessoas estão com dificuldades financeiras e tentando sobreviver”, desabafou Paulo Maciel, presidente do Abrigo. 

Eliane Barbosa, que faz um trabalho de resgate de pessoas em vulnerabilidade social, ficou feliz com a doação. “São iniciativas como essa que têm sustentado o nosso projeto há nove anos”, refletiu. 

A entrega foi acompanhada pela presidente do TRT-RN, desembargadora Maria do Perpétuo Socorro Wanderley de Castro, e pelo juiz Décio Teixeira, titular da 3ª Vara do Trabalho de Natal, onde tramitou o processo.