A Semana da Execução Trabalhista movimenta mais de R$ 27 milhões 

Sala de audiência com pessoas sentadas ao redor de uma mesa redonda, com divisórias de acrílico

A Semana Nacional da Execução Trabalhista de 2022, realizada pelo Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região, terminou nesta sexta (23) com uma movimentação, ainda parcial, de mais de R$ 27 milhões. 

Esse valor, destinado ao pagamento de débitos trabalhistas, é resultado de conciliações, um grande leilão, liberação de precatórios, créditos e ativos financeiros.

O evento contou com a participação das 23 Varas do Estado e dos dois Cejusc, de Mossoró e Natal. Foram mais de 500 audiências e pelo menos 3.400 pessoas atendidas.

Foram arrecadados, ainda com dados parciais, R$ 4,6 milhões de contribuição previdenciária e R$ 5,2 milhões em imposto de renda.

 

Leilão

Só o leilão do TRT-RN, que ocorreu na terça-feira (20) no Salão de Eventos do Hotel Majestic, em Natal,  arrecadou R$ 5 milhões. 

O leilão, com bens bastante disputados, teve 38 lotes que receberam ofertas, incluindo edifícios, terrenos, casas, veículos, torno mecânico, tijolos, compressor de ar, balança, armazém comercial, embarcação, mesas, cadeiras.

 

Semana

A Semana Nacional da Execução Trabalhista ocorre todo o ano e tem como principal meta a solução de processos em fase execução, que já tiveram o crédito reconhecido, mas ainda não satisfeitos voluntariamente pelo devedor.

Organizada pela Comissão Nacional de Efetividade da Execução Trabalhista (CNEET), a Semana Nacional da Execução encontra-se inserida no calendário anual da Justiça do Trabalho, sendo realizada sempre na terceira semana de setembro, conforme disposto no artigo 8º do Ato CSJT.GP.SG Nº 107/2019.

 

 

Fonte
Comunicação Social do TRT-RN