Produtividade em alta: Em três meses de trabalho remoto, TRT-RN ultrapassa marca de 600 mil procedimentos

Imagem mostra duas pessoas montando um quebra-cabeça em alusão ao trabalho em equipe

Os magistrados e os servidores da Justiça do Trabalho do Rio Grande do Norte alcançaram altos índices de produtividade durante os três meses de trabalho remoto impostos pela pandemia do novo coronavírus e ultrapassaram a marca de 600 mil procedimentos durante o período.

Desde o dia 16 de março, quando a produção passou a constar em plataforma de contagem específica do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), houve a realização de 631.115 procedimentos. Foram proferidas 10.438 sentenças e 12.814 decisões foram realizadas. Também foram emitidos 36.780 despachos e o número de atos de servidores foi de 571.083.

Para conter o avanço do vírus e ajudar a salvar vidas no Rio Grande do Norte, o Tribunal viabilizou R$ 15,4 milhões, figurando, segundo o CNJ, entre os três tribunais regionais do trabalho que mais destinaram recursos para o enfrentamento da pandemia no país.

Os recursos foram utilizados para a aquisição de insumos e equipamentos em Natal, Parnamirim, Mossoró e outros municípios do interior do Estado. A UFRN e entidades como a Liga Contra o Câncer também foram beneficiadas.