Plano Estratégico do TRT-RN para o ciclo 2021-2026 foi aprovado pelo Tribunal Pleno

Plano Estratégico

Os desembargadores do Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN) aprovaram, por unanimidade, o Plano Estratégico do TRT-RN para o ciclo 2021-2026. A Resolução Administrativa nº 015/2021 define a estratégia do Tribunal para o novo ciclo e formaliza, por meio do Plano Estratégico, a missão, visão, valores, objetivos estratégicos, indicadores de desempenho, metas e iniciativas estratégicas da instituição.

Construído com base no Modelo de Gestão Estratégica da Justiça do Trabalho, instituído pela Resolução CSJT nº 259/2020, o Plano Estratégico do TRT-RN contou com a  participação de magistrados, servidores, usuários da Justiça e da sociedade a partir de pesquisas de diagnóstico e de oficinas.

Inicialmente, um projeto estratégico para tratar do tema foi iniciado em junho de 2020, sob a responsabilidade da Divisão de Governança Institucional (DGI) do TRT-RN,  e contou com  uma equipe de projeto multidisciplinar, tendo como integrantes um representante de cada componente da Cadeia de Valor do Tribunal.

Também fizeram parte do desenvolvimento do documento aprovado o Plano Estratégico do Poder Judiciário, Resolução CNJ nº 325/2020, e o Plano Estratégico da Justiça do Trabalho, Ato n. 34/CSJT.GP.SG, de 12 de março de 2021.

“A partir do diagnóstico, foram desenvolvidos demais elementos como a Visão de Futuro, a Missão Institucional, os Valores que permearão todo o Plano Estratégico e os Objetivos, além de Indicadores e Metas que também compõem o plano. Por fim, foram levantadas iniciativas que também direcionarão todas as ações para o cumprimento dos nossos Objetivos Estratégicos”, explicou Dirceu Monte de Hollanda, diretor da DGI.

Agora, com a aprovação do Plano Estratégico pelo Tribunal Pleno, a Coordenadoria de Planejamento e Gestão Estratégica (CGEST) e a DGI farão um trabalho de desdobramento da Estratégia, que é quando todas as unidades organizacionais terão a oportunidade de conhecer melhor o documento e alinhar suas iniciativas táticas e operacionais ao novo direcionador estratégico do TRT-RN.

“A partir do desdobramento, haverá um processo de monitoramento e reavaliação do Plano, a cada quatro meses, quando será possível realizar eventuais ajustes”, completou Dirceu de Hollanda.

Confira o Plano Estratégico 2021-2026 do TRT-RN.

 

Fonte
Comunicação Social do TRT-RN