Mulheres lançam o livro Mulher, Ciência e Educação com acesso gratuito

Capa do livro

Lançado, no dia 2 de maio, o livro Mulher, Ciência e Educação, é um projeto de professoras universitárias e pesquisadoras que se propõe a divulgar trabalhos científicos e pesquisas de mulheres e de temas relacionados ao gênero feminino em diversas áreas. A publicação é da Editora Expressão Feminista, que disponibilizou o conteúdo no formato digital e com acesso gratuito, disponível aqui.

A obra reúne artigos de mulheres sobre mulheres, abordando temas do ponto de vista social, político, científico, da educação e do trabalho. Dentre eles, destaca-se o capítulo intitulado “A hipervulnerabilidade da empregada doméstica na pandemia”, de autoria da juíza do Trabalho Fátima Christiane Gomes de Oliveira, do Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (RN).

Em seu artigo, a juíza Fátima Christiane aborda os impactos da pandemia da Covid-19 sobre o mercado de trabalho feminino. Com o olhar voltado para a igualdade, a autora analisa a situação da empregada doméstica e a discriminação institucional na qual está inserida, destacando a visão da OIT sobre a necessidade de promover trabalho decente para domésticas em tempo da Covid-19. 

De acordo com a organização internacional, através de documento divulgado pela própria instituição, a pandemia expôs a vulnerabilidade das pessoas em trabalho doméstico, seja com a perda de postos de trabalho, seja com a informalidade que é elevada, e chama a atenção para a impossibilidade de adoção do isolamento social por parte dessas pessoas. 

Em sua conclusão, a autora sustenta a necessidade de políticas públicas com ações afirmativas que promovam a equiparação real entre todos os trabalhadores. 

Essa leitura aprofundada do tema pode ser conferida no livro que pode ser acessado gratuitamente aqui.