Leilão do TRT-RN conta com 71 lotes com valor total estimado em R$ 67 milhões

Imagem de caminhão

O leilão do Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN), que será realizado no próximo dia 20 (terça-feira), tem 71 lotes, com um valor total estimado de R$ 67 milhões em bens.

O leilão faz parte da programação da Semana Nacional da Execução Trabalhista de 2022 e ocorrerá no Salão de Eventos do Hotel Majestic, com bens penhorados pelas Varas do Trabalho do Rio Grande do Norte.

Ele será realizado pelo leiloeiro Francisco Doege Esteves Filho e ocorrerá de forma híbrida: presencialmente, no salão do hotel, localizado na Avenida Engenheiro Roberto Freire, nº 3800, Ponta Negra, Natal (RN), e on-line, pelo site www.lancecertoleiloes.com.br.

De acordo com o juiz Cácio Oliveira Manoel, que presidirá o leilão, “todo o valor arrecadado no leilão será trazido ao processo”. Com isso, “paga-se o débito trabalhista integralmente, se for o caso, e, se tiver algum valor que sobre, é devolvido ao dono do bem”.

O juiz explicou ainda que os interessados em arrematar bens no leilão podem comparecer um pouco antes ao local da hasta, trazer a sua documentação e fazer o cadastro para poder oferecer os lances.

Já os que querem participar de forma on-line, podem se cadastrar previamente no site www.lancecertoleiloes.com.br.

Entre os 71 lotes estão automóveis, caminhões, motos, barcos, terrenos, apartamentos, casas e prédios comerciais, incluindo um motel e um terreno destinado a uma praça. Além de outros itens como alianças, aparelhos de ar-condicionado, tornos mecânicos, tijolos, brita para estradas etc.

O item mais caro está avaliado em R$ 7.061.000,00. É um imóvel situado no distrito industrial de Macaíba (RN) com 80m de frente e profundidade de 140m. Tem área construída de 4.454,61 m², contendo galpões, prédio de escritório, guaritas, garagens cobertas etc.

Entre os itens do leilão, está também o prédio do L’amore Motel, localizado na Praia do Meio, em Natal (RN), com 33 apartamentos e preço estimado de R$ 4.000.000,00.

Há ainda um terreno avaliado em R$ 2.000.000,00, localizado no bairro de Candelária, também em Natal (RN), destinado a uma praça, medindo 10.000 m².

 

 

Fonte
Comunicação Social do TRT-RN