Justiça do Trabalho do RN homologa venda do complexo imobiliário onde funcionava o Papi

Imagem mostra fachada do Hospital PAPI

A Justiça do Trabalho do Rio Grande do Norte homologou, na tarde desta quinta-feira (12), a venda direta do complexo imobiliário no qual funcionava o hospital Papi, no bairro de Tirol, em Natal.

A propriedade foi adquirida no valor de R$ 18,9 milhões pela Firma Participações Hospitalar LTDA, pertencente ao grupo do Hospital Rio Grande, também em Natal, ensejando a continuidade da atividade fim.

O magistrado trabalhista responsável pela venda direta, Cacio Oliveira Manoel, afirmou que mais de 700 processos trabalhistas serão solucionados com os valores arrecadados.

“Além de pôr fim à celeuma fiduciária com a SICREDI e a CHB, instituições financeiras credoras do Papi, a venda intermediada pelo Tribunal irá fomentar a economia do Estado, com a injeção de capital e geração de empregos, proporcionando, ainda, a ampliação da rede hospitalar local, trazendo benefícios para toda a sociedade”, acrescentou o magistrado.