Justiça do Trabalho do RN atinge a marca de 750 mil procedimentos desde o início da pandemia

Imagem mostra mãos apontando gráficos

A Justiça do Trabalho do Rio Grande do Norte atingiu mais uma marca importante desde o início da pandemia: a realização de 750 mil procedimentos. Os números estão disponíveis na página que mensura a produtividade do Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN) na internet.

Dos 756.933 procedimentos já realizados, 12.929 são sentenças. O número de decisões é de 15.205. Os despachos somam 43.395. Já os atos de servidores chegaram ao seguinte montante: 685.404.

Segundo o presidente do Tribunal, o desembargador Bento Herculano Duarte Neto, mesmo em trabalho remoto, o compromisso dos magistrados e servidores é o responsável pelos números expressivos. “A atuação do TRT-RN durante a pandemia tem feito a diferença em âmbito local e se destacado, inclusive, nacionalmente”, disse ele.

A diferença a qual se refere o presidente tem relação com a viabilização de recursos, pela Justiça do Trabalho, para ações de combate ao novo coronavírus. O Tribunal da 21ª Região conseguiu destinar mais de R$ 15,4 milhões para esse fim, por meio da compra de insumos e da aquisição de equipamentos.

O feito fez do TRT-RN um dos que mais destinou recursos para conter a Covid-19 no Brasil, de acordo com o Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Os números da produtividade são medidos em consonância com critérios do Conselho e o acompanhamento deles pode ser feito por espaço disponível na rede mundial de computadores.