Data chama atenção para higienização das mãos como medida de prevenção a doenças

dia de higienização das mãos

Antes da higienização das mãos ser destaque em razão da pandemia da Covid-19, a Organização Mundial da Saúde (OMS) havia escolhido a data de 5 de maio como o Dia Mundial de Higienização das Mãos. O intuito era mobilizar pessoas em todo o mundo e aumentar a adesão à higiene das mãos, como hábito preventivo de controle de doenças.

Caso as mãos estejam contaminadas, muitos microrganismos são levados para dentro do nosso organismo, principalmente ao tocarmos a mucosa da boca, nariz ou olhos.

A higiene das mãos, seja com solução alcoólica de 70% ou sabão líquido e água, é uma das ações mais eficazes para prevenir a transmissão de doenças infecciosas, incluindo a Covid-19. Medida simples que deve ser utilizada não somente por profissionais de saúde, mas também pela comunidade. Todos nós somos responsáveis pelo combate, disseminação e prevenção de infecções.

Considerando que a higienização das mãos ganhou importância mundial em razão da pandemia, a OMS vai dedicar a semana de 3 a 7 de maio à campanha para incentivar esse procedimento. 

O TRT-RN colabora com a prevenção estimulando, entre outras medidas, a higienização das mãos, alertando para a importância de lavar bem as mãos com água e sabão e disponibilizando álcool 70% em pontos estratégicos nas instalações físicas do Tribunal.

Com a iniciativa, o TRT-RN cumpre um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da ONU, o de nº 3 ‘Saúde e Bem Estar’.


Como fazer - o procedimento correto de aplicação do álcool gel leva de 20 a 30 segundos, até secar. Já a técnica de higienização das mãos com água e sabão leva de 40 a 60 segundos. Em ambos recomenda-se esfregar bem as palmas das mãos, entre os dedos e pulsos.