CSJT institui Política e Manual de Comunicação Social. TRT-RN cria Comitê

imagem mostra arte sobre o tema

O Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT) instituiu uma nova Política de Comunicação Social no âmbito da Justiça do Trabalho de 1º e 2º graus e, no mesmo ato, criou o Manual de Comunicação Social e Redação Jornalística, por meio da Resolução nº 321, de 11 de fevereiro de 2022.

A Política tem como objetivo regulamentar a Comunicação Social institucional, nos âmbitos externo e interno dos TRTs, garantindo o alinhamento aos princípios constitucionais da administração pública, aos regimentos internos das instituições e ao Planejamento Estratégico da Justiça do Trabalho.

Proporcionar a cultura da transparência, da publicidade, da acessibilidade, da impessoalidade, da efetividade, da eficiência, da ética e da responsabilidade social na comunicação social, além de contribuir para o fortalecimento da imagem institucional dos tribunais, bem como difundir informações das atividades jurisdicional e administrativa são objetivos da nova Política.

Já o Manual, que segue as diretrizes da Resolução 85/2009 do Conselho Nacional de Justiça e da Resolução 80/2011 do CSJT e foi elaborado por um Comitê, tem o objetivo de fortalecer e aprimorar a comunicação da instituição com a sociedade, consolidando uma linguagem uniformizada nas produções jornalísticas das assessorias de comunicação de todos os Tribunais Regionais do Trabalho e do Tribunal Superior do Trabalho.

Seguindo a Política e o Manual, os profissionais envolvidos na produção diária de notícias e conteúdos divulgados nos diversos canais de comunicação da Justiça do Trabalho estarão aptos a desenvolver seus trabalhos seguindo critérios padronizados e com foco na clareza da informação. A comunicação dos órgãos deverá ser realizada por meio dos canais oficiais, com linguagem acessível, ágil, inclusiva, eficiente, impessoal e de utilidade pública, dentre outros princípios.

Outra diretriz é a adoção de definições simplificadas de conceitos e de termos jurídicos nas matérias, para facilitar a compreensão do público e evitar equívocos de qualquer natureza.

Comitê de Comunicação Institucional do TRT-RN

No início do mês de fevereiro, a presidência do Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN) publicou o Ato TRT21-GP nº 020/2022 que instituiu o Comitê de Comunicação Institucional (CCI).

O Comitê será coordenado pelo juiz Hermann Hackradt e será composto pela diretora da divisão de comunicação, Isabelle Bandeira, pelo secretário geral da presidência, Silvio Santiago, pelo diretor geral, Márcio Dantas, pela coordenadora da Escola Judicial, Rita Mendonça, pelo chefe da ouvidoria, e pelo diretor da divisão de governança, Dirceu Hollanda.

Juntos, os membros do Comitê vão avaliar cenários, assegurar a governança, propor prioridade de investimento e alocação de recursos que estejam alinhados às estratégias e prioridades da comunicação e da instituição. Também vão aprovar projetos, analisar planejamentos táticos, coordenar o desenvolvimento e a execução das ações de publicidade, classificadas como institucional ou de utilidade pública, dentre outras atribuições.

A medida leva também em consideração o Planejamento Estratégico do TRT-RN (2021-2026), que tem como um dos seus objetivos estratégicos “Fortalecer a comunicação e as parcerias institucionais”.

Confira a Política de Comunicação e o Manual do CSJT (Clique aqui).

Confira o Ato que instituiu o Comitê de Comunicação do TRT-RN (Clique aqui).