Conheça os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da ONU

17 ODS da Agenda 2030

A Agenda 2030 é um compromisso global, coordenado pela Organização das Nações Unidas (ONU) e assumido por 193 países, incluindo o Brasil, e propõe a ação de governos, instituições, empresas e a sociedade em geral para o enfrentamento dos maiores desafios do mundo contemporâneo.

A ONU montou um plano de ação com a Agenda 2030 para erradicar a pobreza, proteger o planeta e garantir que as pessoas alcancem a paz e a prosperidade de forma segura e responsável.

Em 2019, o TRT-RN informou ao Secretariado Geral da ONU o apoio da instituição aos Dez Princípios do Pacto Global, relacionados aos Direitos Humanos, Direitos do Trabalho, Proteção do Meio Ambiente e Combate à Corrupção, aderindo, assim, à Agenda 2030 e aos seus Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Com a inclusão do TRT-RN no rol de instituições que pactuaram cumprir a Agenda 2030, a instituição comprometeu-se a alcançar 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) até 2030.

Dentre eles, destacam-se o consumo e produção responsáveis, energia acessível e limpa, ação contra mudança global do clima, paz, justiça e instituições eficazes, além de saúde e bem-estar, trabalho decente e crescimento econômico.

Ao participar dessa mobilização, o TRT-RN também cumpre a Meta nº 9 do Poder Judiciário brasileiro que prevê a adoção, pelos Tribunais, da Agenda 2030 da ONU.

Conheça os 17 ODS:

01 – Erradicação da pobreza;

02 – Fome zero e agricultura sustentável;

03 – Saúde e bem-estar;

04 – Educação de qualidade;

05 – Igualdade de gênero;

06 – Água potável e saneamento;

07 – Energia limpa e acessível;

08 – Trabalho decente e crescimento econômico;

09 – Indústria, inovação e infraestrutura;

10 – Redução de desigualdades;

11 – Cidades e comunidades sustentáveis;

12 – Consumo e produção responsável;

13 – Ação contra a mudança global do clima;

14 – Vida na água;

15 – Vida terrestre;

16 – Paz, justiça e instituições eficazes;

17 – Parcerias e meios de implementação.

 

 

Fonte
Divisão de Comunicação Social - DCS