Ações de solidariedade na Justiça do Trabalho do RN amenizam efeitos sociais do novo coronavírus

Imagem mostra cestas básicas arrecadadas

Um caminhão que é usado, geralmente, para recolher bens penhorados por decisões judiciais, chegou de surpresa, lotado de cestas básicas e kits de limpeza, ao assentamento Olga Benário, situada no Bairro do Planalto, Zona Oeste de Natal.

Em fila, os moradores de 150 famílias de uma das comunidades mais carentes da cidade receberam, um a um, os donativos adquiridos com doações de magistrados e servidores do Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN). 

“Foi arrecadado um total de R$ 5.010 em doações e nós utilizamos esse recurso para adquirir 150 cestas básicas, 150 kits de higiene/limpeza e 2.250 ovos”, detalha Herman Guilhermo, secretário geral da presidência do TRT-RN, que coordenou a campanha.

A ação social foi realizada em parceria com o grupo Anjos da Madrugada e contou com as doações em dinheiro de magistrados e servidores e o apoio das equipes de segurança e transporte do Tribunal, que auxiliaram na entrega dos donativos.

No início da pandemia, magistrados e servidores do TRT-RN já tinham unido forças a integrantes de outros órgãos da Justiça do Rio Grande do Norte em uma campanha coletiva, que contou ainda com sindicatos, associações e outros parceiros. O objetivo do “Juntos Somos Mais” foi angariar doações para a aquisição de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para os profissionais de saúde e de alimentos para pessoas carentes e em situação de rua.

Também contou com o apoio do Tribunal uma ação da Associação Brasileira das Mulheres de Carreira Jurídica (ABMCJ), realizada durante o mês de abril, para doar cestas básicas a famílias potiguares em situação vulnerável. Iniciativas que permitem o exercício da solidariedade e são capazes de amenizar os efeitos da crise social provocada pelo novo coronavírus.